Simplesmente Dorcila

Poesias, crônicas, contos, mensagens

Textos


CAMUFLAGEM

Quantas vezes não arrisquei
por medo de fracassar?
Quantas vezes não ousei
por receio de errar?
Existindo em preto e branco
fui passando pela vida
sem emoções e incertezas
bem a salvo das feridas
Vejo então que me enganei
em loucas assepsias
nem o arco-íris notei
nesse medo que atrofia
Hoje vou mudar meu rumo
vou trocar minha roupagem
de peito aberto viver
sem medo, sem camuflagem...


15/10/2008
Dorcila Garcia
Enviado por Dorcila Garcia em 16/10/2008
Alterado em 16/10/2008

Música: Autumn Rose - Instrumental - Ernesto Cortázar

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras